Confiança do consumidor dos EUA é a menor desde 2003

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008 13:10 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A confiança do consumidor dos Estados Unidos caiu para seu pior nível em cinco anos em fevereiro, com as expectativas em seus patamares mais baixos em 17 anos devido a um mercado de trabalho cada vez mais pressionado, segundo dados divulgados nesta terça-feira que alimentaram os temores de que os EUA já estejam em recessão. O índice do Conferencie Board de confiança caiu para 75,0 em fevereiro, contra dado revisado para baixo de 87,3 em janeiro.

A mediana da previsão de 67 economistas consultados pela Reuters indicava uma leitura de 82,0.

O componente sobre situação atual caiu para 100,6 em fevereiro, ante dado de 114,3 revisado para baixo em janeiro, enquanto o índice de expectativas recuou para 57,9 -- o menor em 17 anos -- contra 69,3 no mês anterior.

A deterioração na confiança foi expressiva.

Foi a maior queda mensal nos índices de confiança e expectativas do consumidor desde setembro de 2005, após o furacão Katrina. O componente sobre a situação presente teve sua pior baixa desde outubro de 2001, quando os Estados Unidos estiveram em recessão pela última vez.

A confiança foi atingida por uma pior perspectiva do mercado de trabalho. A medida dos "empregos difíceis de obter" subiu de 20,6 em janeiro para 23,8 no mês seguinte, patamar mais alto desde outubro de 2005.

(Reportagem de Burton Frierson)