BOVESPA-Com giro fraco, índice sobe puxado por Petrobras

segunda-feira, 26 de maio de 2008 11:52 BRT
 

SÃO PAULO, 26 de maio (Reuters) - Sem a referência das bolsas de Nova York, fechadas devido ao feriado norte-americano do Memorial Day, a Bolsa de Valores de São Paulo operava com giro fraco e tendência positiva nesta segunda-feira, ancorada no bom desempenho das ações da Petrobras.

Às 11h52, o Ibovespa .BVSP apontava valorização de 0,42 por cento, aos 71.754 pontos. O volume financeiro de negócios era de 750 milhões de reais.

De acordo com operadores, depois da realização de lucros que provocou queda do índice por duas sessões seguidas, os investidores encontravam espaço para voltar à ponta compradora de ações.

"O mercado ainda tem um cenário positivo, especialmente para Petrobras", disse Luiz Roberto Monteiro, assessor de investimentos da corretora Souza Barros.

As ações preferenciais da companhia (PETR4.SA: Cotações) subiam 1,86 por cento, a 51,49 reais, depois que a petroleira italiana Eni SpA (ENI.MI: Cotações) perfurou com sucesso um poço de exploração na área de Stones, no Golfo do México, em parceira com a Petrobras, que tem participação de 25 por cento no negócio.

Na semana passada, a Petrobras havia confirmado a descoberta de um novo poço na Bacia de Santos, confirmando rumores que circulavam pelo mercado.

O movimento positivo era partilhado pelo setor siderúrgico, com destaque para as ações preferenciais da Gerdau (GGBR4.SA: Cotações), com avanço de 1,88 por cento, a 82,58 reais.

Na sexta-feira, o Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS) reportou que as vendas de aço no país em abril voltaram a crescer em ritmo acima do previsto para 2008, movimento puxado pelo segmento de aços longos, em que a Gerdau é líder.

  Continuação...