October 26, 2007 / 7:07 PM / 10 years ago

AGENDA POLÍTICA-Lula vai à Fifa; governo busca acordo para CPMF

4 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - As negociações entre o governo e senadores tucanos para a prorrogação da CPMF até 2011 prosseguem na próxima semana. O voto da bancada de 13 senadores é considerado chave para a aprovação da emenda constitucional no Senado.

Da lista de pedidos apresentada pelo PSDB na reunião com o ministro da Fazenda Guido Mantega, na última quinta-feira, o governo teria descartado a redução da alíquota da CPMF, hoje em 0,38 por cento, e a vigência da prorrogação por apenas um ano.

Outros itens são a redução da carga tributária, ampliação da aplicação dos recursos em saúde, redução dos gastos correntes da União, limite de endividamento e aprovação da reforma tributária em um ano.

Veja a seguir os principais fatos da semana que vem.

Segunda-Feira

-- O presidente Lula vai a Salvador, onde participa às 9h da cerimônia de inauguração de unidade do Senai. Depois, às 10h30, em Camaçari, vai a solenidade de comemoração da fabricação de 1 milhão de veículos pela Ford.

-- O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), assume a presidência na segunda-feira quando Lula embarca para a Suíça. O presidente viajará de Salvador. Será a primeira vez que Chinaglia ocupará a Presidência. Ele é segundo na linha sucessória para ocupar a Presidência. O vice-presidente José Alencar não poderá assumir o cargo porque irá passar por uma cirurgia.

TERÇA-FEIRA

-- O presidente Lula estará na sede da Federação Internacional de Futebol (Fifa), em Zurique, na Suíça, para a cerimônia de anúncio do país-sede da Copa de 2014, quando deve ser confirmada a escolha do Brasil. Governadores interessados em abrigar sedes acompanham o presidente.

-- O vice-presidente José Alencar será submetido a uma cirurgia para retirada de um tumor no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

-- A Câmara dos Deputados prevê a votação da regulamentação da emenda 29, que fixa percentuais mínimo de investimento da União, Estados e municípios da área da saúde. A votação foi adiada para não atrapalhar a negociação da CPMF no Senado.

-- A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado inicia as audiências públicas para debater a CPMF. Os ex-ministros da Fazenda, Pedro Malan e Antonio Palocci serão ouvidos na terça e quarta.

Quinta-Feira

-- CCJ ouve os ministros Guido Mantega (Fazenda), Paulo Bernardo (Planejamento), José Gomes Temporão (Saúde) e Patrus Ananias (Desenvolvimento Social) no debate sobre a prorrogação da CPMF.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below