Wall St sobe com setor energético compensando bancos

terça-feira, 26 de agosto de 2008 18:15 BRT
 

Por Steven C. Johnson

NOVA YORK (Reuters) - Os índices Dow e S&P 500 fecharam em alta nesta terça-feira com temores sobre um furacão impulsionando os preços do petróleo e os papéis de empresas de energia, o que compensou os efeitos de um relatório revelando um crescente número de bancos com problemas.

Segundo dados preliminares, o índice Dow Jones teve alta de 0,23 por cento, a 11.412 pontos; o Standard & Poor's 500 subiu 0,37 por cento, a 1.271 pontos; enquanto o Nasdaq recuou 0,15 por cento, a 2.361 pontos.

Os preços do petróleo, que chegaram a atingir mais de 117 dólares por barril durante a sessão, fecharam em alta de 1 por cento com temores de que o furacão Gustav possa interromper a produção no golfo do México.

As ações da Exxon Mobil subiram 1,6 por cento para 79,95 dólares, fixando-se como um dos principais suportes para o S&P e o Dow.

"A energia foi a história de hoje, com a alta das ações petrolíferas refletindo a notícias do furacão", afirmou Marc Pado, estrategista do mercado norte-americano da Cantor Fitzgerald & Co. Ele ainda afirmou que um dólar mais forte ajudou as ações.

Mas os ganhos foram limitados por um relatório afirmando que 117 bancos norte-americano estavam com problemas no final do segundo trimestre, acima dos 90 bancos dos três primeiros meses do ano.

"Nós já temos algumas falências, então essa lista foi analisada com muito atenção", afirmou Peter Kenny, diretor-gerente da Knight Equity Markets. "E não é tanto o número de bancos mas sim o tamanho." A lista mostra que os ativos totais dos bancos com problema somavam 78,3 bilhões de dólares em junho, acima dos dos26,3 bilhões de dólares no final do primeiro trimestre.