ATUALIZA-Mercado mantém aposta de inflação abaixo de 4% em 2007

segunda-feira, 26 de novembro de 2007 09:04 BRST
 

(Texto atualizado com projeções sobre juro)

SÃO PAULO, 26 de novembro (Reuters) - Os economistas continuam apostando que a inflação brasileira encerrará o ano abaixo de 4 por cento, apesar de um leve ajuste para cima da projeção, mostrou pesquisa divulgada nesta segunda-feira.

De acordo com levantamento semanal do Banco Central, os analistas acreditam que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechará o ano com alta de 3,94 por cento, acima dos 3,92 por cento estimados no levantamento passado.

Para 2008, o cenário traçado pelos economistas continua indicando inflação de 4,10 por cento. Nos dois casos, as projeções apontam para variações abaixo do centro da meta fixada para os dois anos, de 4,5 por cento.

Em termos de crescimento, os analistas fizeram um leve ajuste na taxa esperada para este ano, passando de 4,70 por cento de expansão para 4,71 por cento.

Ao mesmo tempo, revisaram para baixo a estimativa de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 2008, passando de 4,37 por cento para 4,33 por cento.

O cenário para os juros segue inalterado. Faltando apenas mais uma reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC neste ano, os analistas acreditam que a taxa básica de juro do país encerrará 2007 no atual patamar de 11,25 por cento.

Para 2008, as projeções indicam que a Selic estará em 10,25 por cento em dezembro.

(Reportagem de Renato Andrade; Edição de Alberto Alerigi Jr.)