Cunha e Cavalheiro deixam BC em "mudança rotineira"

sexta-feira, 26 de outubro de 2007 19:43 BRST
 

Por Vanessa Stelzer e Guido Nejamkis

SÃO PAULO/BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central anunciou nesta sexta-feira a indicação de três novos nomes para sua diretoria, em uma mudança classificada como "rotineira" pelo presidente do banco, Henrique Meirelles.

"(As mudanças) são parte de um processo natural de rotação dos profissionais", disse a jornalistas Meirelles, na sede do BC.

Ele informou que a idéia é manter o número de oito diretores no Comitê de Política Monetária (Copom) e que o presidente terá o voto de minerva caso haja uma decisão dividida.

Maria Celina Berardinelli Arraes está sendo indicada por Meirelles para a Diretoria de Assuntos Internacionais, no lugar de Paulo Vieira da Cunha. Alvir Alberto Hoffmann é o nome escolhido para substituir Paulo Sérgio Cavalheiro na Diretoria de Fiscalização.

Anthero de Moraes Meirelles deverá assumir a Diretoria de Administração, que estava sendo ocupada por Antônio Gustavo Matos do Vale, que acumulava dois cargos. Vale segue agora apenas à frente da Diretoria de Liquidações e Desestatização.

Os indicados precisam ser aprovados pelo Senado.

O presidente do BC disse que Cavalheiro pretende ficar no cargo até a aprovação de seu substituto e que Cunha permanecerá até janeiro, por razões de ordem familiar.

FUNCIONÁRIOS DE CARREIRA   Continuação...