Preocupações com crédito derrubam ações em Wall Street

segunda-feira, 26 de novembro de 2007 20:26 BRST
 

Por Ellis Mnyandu

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em forte queda nesta segunda-feira, puxadas por preocupações de investidores sobre o impacto na economia do aumento de inadimplências no pagamento de hipotecas e das perdas no mercado de crédito.

O índice Dow Jones recuou 1,83 por cento, a 12.743 pontos. O Standard & Poor's 500 caiu 2,32 por cento, para 1.407 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq perdeu 2,14 por cento, a 2.540 pontos.

Os três principais índices fecharam a sessão mais de 10 por cento abaixo do pico alcançado nas últimas 52 semanas.

As perdas, lideradas mais uma vez por grandes quedas em ações do setor financeiro, apagaram os ganhos do ano para o índice S&P 500.

O Citigroup, maior banco dos EUA, amargou uma desvalorização em seus papéis para abaixo de 30 dólares por ação pela primeira vez desde outubro de 2002.

A liquidação de ações de instituições financeiras ofuscou o otimismo no começo da sessão, impulsionado por registros de que o início da estação de compras de fim de ano no país foi mais forte do que o esperado.

As ações de varejistas mais tarde caíram, por medo de que os problemas com no setor de crédito e de moradias possam afetar os gastos do consumidor.

"A grande coisa que é que o (setor) financeiro está em baixa. Trata-se de mais preocupações sobre a crise financeira, e quais são as expectativas para estes grandes bancos", disse Giri Cherukuri, da OakBrook Investments em Lisle, Illinois.

(Reportagem adicional de Caroline Valetkevitch)