Citigroup pode registar baixa adicional de US$9 bi, di Goldman

quinta-feira, 26 de junho de 2008 08:23 BRT
 

BANGALORE, Índia (Reuters) - O Citigroup pode registrar uma baixa contábil adicional de 9 bilhões de dólares no segundo trimestre e levantar mais capital, segundo um analista do Goldman Sachs, que espera que o banco norte-americano registre prejuízo no período.

William Tanona, do Goldman, afirmou ainda que vê o Merrill Lynch incorra em baixa contábil de 4,2 bilhões de dólares no segundo trimestre.

O analista espera que a maior corretora de valores do mundo tenha um prejuízo de 2 dólares por ação ante sua previsão anterior de lucro de 0,25 dólar por ação.

O analista espera que o Citigroup tenha um prejuízo de 0,75 dólar por ação no trimestre. Anteriormente, o Tanona esperava ganho de 0,25 dólar por ação.

"Vemos muitos ventos contrários ao Citigroup, incluindo baixas contábeis adicionais, maiores provisões como resultado das tendências em deterioração de crédito ao consumidor e potencial para aumentos de capital adicionais, cortes de dividendos e venda de ativos", escreveu Tanona.

(Por Nena Singh)