Oposicionista Sharif diz que vai boicotar eleições n Paquistão

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007 16:44 BRST
 

ISLAMABAD (Reuters) - O líder oposicionista paquistanês e ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif disse na quinta-feira que seu partido vai boicotar as eleições gerais de 8 de janeiro por causa do assassinato de outra líder de oposição, Benazir Bhutto.

"O PML (N) está boicotando a eleição depois do assassinato de Benazir Bhutto", afirmou Sharif em entrevista coletiva em Islamabad, se referindo a seu partido.

"Eleições livres não são possíveis na presença de Musharraf", acrescentou ele sobre o presidente Pervez Musharraf. "Musharraf é a raiz de todos os problemas."

Antigos rivais, Bhutto, também ex-premiê, e Sharif se juntaram recentemente em oposição a Musharraf.

Bhutto liderava o maior partido do país, o Partido do Povo Paquistanês.