Volume da Bovespa sobe 92% em 2007 puxado por Vale e Petrobras

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007 15:43 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Bolsa de Valores de São Paulo atingiu na quarta-feira a marca inédita de mais de 1 trilhão de reais negociados em um ano, puxada principalmente pelas ações da Vale e Petrobras e aberturas de capital feitas em 2007.

Segundo dados divulgados pela Economática, até quarta-feira o mercado de ações brasileiro somava 1,019 trilhão de reais, 92 por cento a mais do que em 2006, quando fechou o ano com 530,8 bilhões de reais. Nesta quinta-feira, penúltimo pregão do ano, o volume financeiro negociado era de 2,24 bilhões de reais, por volta das 15h35.

De acordo com a Economática, os 20 ativos com maior volume financeiro responderam por 58,5 por cento do total do giro da Bovespa e superior a todo o movimento do ano passado.

Os IPO's, ou abertura de capital de empresas, representaram 16,4 por cento do total, ou 167,4 bilhões de reais, enquanto as principais ações do mercado, Petrobras e Vale, somaram negócios até quarta-feira de 138,8 bilhões de reais e 116,0 bilhões de reais, respectivamente.

A terceira ação mais negociada foi a do Bradesco, com 33,5 bilhões de reais, e a quarta a da Usiminas, com 31,1 bilhões de reais, seguida pelas ações ordinárias da Vale, com 30 bilhões de reais e da Petrobras, com 25,6 bilhões de reais.

As ações da Bovespa, que estrearam em outubro deste ano, somaram 11,2 bilhões de reais e garantiram o vigésimo lugar no ranking dos maiores volumes, segundo a Economática.

(Por Denise Luna)