Votorantim busca controle de mineradora peruana Milpo

quinta-feira, 27 de março de 2008 20:36 BRT
 

LIMA (Reuters) - A metalúrgica brasileira Votorantim lançou nesta quinta-feira uma oferta de cerca de 422 milhões de dólares para comprar as ações adicionais da mineradora peruana Milpo em um negócio, que segundo analistas do mercado, poderia levar a empresa a tomar o controle da companhia andina.

A Votorantim Metais, a terceira maior produtora mundial de zinco, sinalizou em comunicado à Bolsa de Valores de Lima que busca comprar até 147.151.328 ações ordinárias com direto a voto a 2,87 dólares por cada.

A empresa afirmou que sua oferta de compra representa 20,93 por cento das ações emitidas e 26,12 por cento do total de ações em circulação.

A Votorantim já possui 24,88 por cento dos papéis em circulação, com as quais somadas às ações que pretende adquirir chegam a 51 por cento dos papéis em circulação.

"Para a Conasev (supervisora de valores), se uma empresa tem 50 por cento mais um das ações em circulação, já tem o controle", disse um funcionário da supervisora.

As ações da Milpo, uma das maiores produtoras de zinco do Peru, subiram 15 por cento, 8,05 soles, no fechamento da bolsa peruana.

"O preço da oferta representa um prêmio de 27 por cento sobre o preço médio dos últimos 30 dias", afirmou a Votorantim em comunicado.

A Votorantim, cuja oferta pelas ações da Milpo permanecerá vigente até o dia 23 de abril, emitiu uma carta de crédito em garantia para aproximadamente 422,3 milhões de dólares, através do JPMorgan Chase.

"Para nós é interessante saber que um sócio, que já é um conhecido nosso, se interesse por essa operação. Definitivamente os resultados são bons, as perspectiva também e é importante que isso seja reconhecido no mercado", disse o chefe corporativo de Imagem e Comunicação da Milpo, Juan Alberto Flores.   Continuação...