Relator do Orçamento 2008 garante salário mínimo de R$408,90

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007 12:11 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O relator do Orçamento do próximo ano disse nesta quinta-feira que o valor do salário mínimo de 408,90 reais será garantido apesar dos cortes de 30 bilhões de reais que serão feitos por conta do fim da CPMF.

"O salário mínimo é o principal instrumento de distribuição de renda do Brasil", disse a jornalistas o deputado José Pimentel (PT-CE). "Por isso vamos cumprir o compromisso feito pelo presidente Lula com as centrais sindicais."

Hoje o salário mínimo está em 380 reais. A proposta inicial do governo era de um reajuste para 407,33 reais, mas uma revisão para cima da estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) elevou o valor do mínimo.

Segundo Pimentel, além dos programas sociais e outros itens já mencionados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os cortes do Orçamento decorrentes da perda da arrecadação da CPMF também não atingirão os 190 bilhões de reais previstos para o INSS e os 130 bilhões de reais destinados para a folha de pagamento do funcionalismo.