Consumo de energia cresce em setembro, mas arrefece na indústria

segunda-feira, 27 de outubro de 2008 13:06 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 27 de outubro (Reuters) - O consumo de energia do Brasil ainda não refletiu a crise financeira que está abalando a economia de todo o mundo e subiu 4,8 por cento em setembro (ante setembro de 2007), atingindo volume recorde no ano de 33.362 gigawatts, segundo informou a Empresa de Pesquisa Energética nesta segunda-feira.

O segmento industrial, no entanto, mostrou em setembro sinais de recuo, com a queda de consumo em relação ao mês anterior pela primeira vez este ano. A redução em setembro foi de 168 GWh contra agosto.

(Por Denise Luna; Edição de Roberto Samora)