BCs europeus agem para aliviar tensões nos mercados

quinta-feira, 27 de março de 2008 08:00 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - Os bancos centrais da Grã-Bretanha e da Suíça prometeram nesta quinta-feira recursos extras para aliviar a pressão sobre as taxas interbancárias e o Banco Central Europeu (BCE) informou estar pronto para adicionar liquidez ao mercado se necessário.

"O BCE continua monitorando de perto as condições de liquidez e nota tensões nas taxas de curto prazo à medida que se aproxima o final do trimestre", disse. "O BCE continua pronto para fornecer liquidez adicional se for necessário."

O Banco da Inglaterra ofereceu nesta manhã 13,62 bilhões de libras em sua operação regular de uma semana no mercado aberto, valor superior aos 10,93 bilhões de libras da semana passada.

O Banco Nacional Suíço ofereceu recursos de três meses a 2,20 por cento. Analistas disseram que o leilão pode ter sido uma tentativa de reduzir a principal taxa de juro do BC suíço --a Libor de três meses-- para a meta de 2,75 por cento, após ela ter subido a cerca de 2,85 por cento na véspera.

Operadores e analistas avaliam que liquidez extra pode ser bem-vinda dadas as novas tensões nos mercados que elevaram as taxas de juros interbancárias de curto prazo para os maiores níveis deste ano.

"Não é uma surpresa. É apenas a continuidade dos esforços por parte dos bancos centrais para assegurar a liquidez nos mercados", disse Richard McGuire, estrategista de renda fixa do RBC Capital Markets.