PANORAMA1-Governo fecha semestre com meta de inflação de 2010

segunda-feira, 30 de junho de 2008 08:00 BRT
 

SÃO PAULO, 30 de junho (Reuters) - O governo brasileiro define nesta segunda-feira a meta de inflação que será perseguida pelo Banco Central em 2010 e analistas não esperam surpresa.

Diante da escalada mundial dos preços, a avaliação é de que o melhor a fazer é manter o alvo em 4,5 por cento com intervalo de tolerância de 2 pontos percentuais. O encontro do Conselho Monetário Nacional (CMN) que bate o martelo sobre esse assunto está agendado para 16h.

Pela manhã, o Banco Central divulga o resultado primário do setor público consolidado referente a maio. Na sexta-feira, os dados do governo central mostraram superávit de 5,5 bilhões de reais no mês passado, ante 5,3 bilhões de reais um ano antes.

COMMODITIES E ENERGIA

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, participa de evento em São Paulo, onde falará sobre os desafios para o setor energético brasileiro. Nos últimos dias, Lobão tem comentado as possíveis mudanças nos royalties para o setor de petróleo.

Ele também tem falado sobre mudanças na regulamentação da área de mineração, que pode incluir aumento de tributos e instituição de prazos para exploração de concessões.

Para a agenda do dia, clique [nN27397955]   Continuação...