27 de Março de 2008 / às 17:46 / em 9 anos

Lula tem melhor avaliação desde que assumiu, diz Ibope

<p>Lula tem melhor avalia&ccedil;&atilde;o desde que assumiu, diz Ibope. O governo do presidente Luiz In&aacute;cio Lula da Silva teve em mar&ccedil;o sua melhor avalia&ccedil;&atilde;o desde o in&iacute;cio do primeiro mandato em 2003, mostrou a pesquisa Ibope encomendada pela Confedera&ccedil;&atilde;o Nacional da Ind&uacute;stria (CNI). Photo by Jamil Bittar 27 de mar&ccedil;o</p>

Por Raymond Colitt

BRASÍLIA (Reuters) - O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve em março sua melhor avaliação desde o início do primeiro mandato em 2003, mostrou nesta quinta-feira uma pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

“Houve uma profunda melhora no clima da população”, disse Marco Antonio Guarita, diretor da CNI. “Há apenas uma razão para isso, a economia.”

O desempenho econômico do país está em alta, com aumento da formalização do emprego, crescimento do consumo e elevação da renda.

Outro indicador, divulgado esta semana, revela que a classe C recebeu no ano passado o acréscimo de quase 20 milhões de pessoas e passou a representar 46 por cento da população.

Segundo o Ibope, a avaliação ótima ou boa do governo Lula subiu para 58 por cento em março, enquanto em dezembro, data da pesquisa anterior, ela tinha sido de 51 por cento.

A avaliação ruim ou péssima caiu bastante, de 17 para 11 por cento.

Outros itens apontados pelos entrevistados também estão em alta. A aprovação do governo Lula subiu de 65 por cento para 73 por cento enquanto a nota média dada à gestão pulou de 6,6 para 7,1. Também a confiança no presidente Lula aumentou, de 60 para 68 por cento.

Para os entrevistados, a performance de Lula avançou em todas as áreas do governo, do emprego e a inflação à saúde e à educação. Mesmo na área da segurança, um dos maiores problemas do país, o desempenho aumentou.

O forte apoio ao governo deve ajudar candidatos da coalizão partidária de Lula na eleição municipal de outubro.

“Ele poderia decidir alguma eleição acirrada, mas esse voto não é transferido automaticamente”, disse um analista político. “A economia pesa, mas as eleições municipais não são decididas totalmente pelos temas nacionais.”

Além da economia, o presidente tem subido em palanques em vários Estados do país, levando obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o que resulta em grande exposição na mídia e colabora para compor um sucessor.

No mesmo período, o governo vem sendo bombardeado desde fevereiro pelas denúncias sobre o suposto mau uso das verbas com cartões corporativos, que atingem ministros e outros servidores. Mas não se trata do primeiro escândalo que não “cola” em Lula.

O Ibope entrevistou 2.002 pessoas em 141 municípios do país, entre os dias 19 e 23 de março. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below