Mercados asiáticos atingem maior alta em seis semanas

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008 08:10 BRT
 

Por Rafael Nam

HONG KONG (Reuters) - As bolsas de valores asiáticas atingiram nesta quarta-feira nível mais alto em seis semanas, com um tom de otimismo de que lucros de empresas vão superar o difícil cenário econômico global.

Às 7h55 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico exceto do Japão subia 2,22 por cento, para 492 pontos. Mais cedo o indicador atingiu o maior alta desde 16 de janeiro. O índice subiu 2 por cento nos dois últimos pregões.

O movimento é influenciado pelo anúncio na véspera de recompra de ações da IBM no valor de 15 bilhões de dólares que elevou a confiança no setor corporativo.

O índice da bolsa de TÓQUIO se valorizou em 1,5 por cento, no maior patamar de fechamento em seis semanas, num rali que teve participação de blue-chips e instituições financeiras.

Os mercados em SYDNEY, TAIWAN, XANGAI registraram valorizações de cerca de 2 por cento cada.

A bolsa de SEUL teve alta de 0,7 por cento, maior em cinco semanas, enquanto Cingapura avançou 0,54 por cento. Em HONG KONG, o índice Hang Seng fechou em alta de 3,24 por cento.

O dólar atingiu baixa recorde contra o euro depois da divulgação de dados econômicos dos Estados Unidos mais fracos que o esperado.

As visões divergentes entre os mercados acionários e cambiais acontecem em meio a temores de que um processo de estagflação paira em alguns trimestres, com os sinais de uma economia mais fraca nos Estados Unidos sendo acompanhados por uma tendência de inflação mais alta.   Continuação...

 
<p>As bolsas de valores da &Aacute;sia avan&ccedil;aram nesta ter&ccedil;a-feira, na expectativa de que as classifica&ccedil;&otilde;es elevadas de cr&eacute;dito das seguradoras de t&iacute;tulos norte-americanas n&atilde;o sejam alteradas. Temores persistentes de uma recess&atilde;o nos Estados Unidos e mais baixas cont&aacute;beis em bancos, por&eacute;m, limitaram os ganhos do dia. Photo by Kim Kyung-Hoon</p>