Investida da Rússia na Geórgia é "injustificada", diz Cheney

quarta-feira, 27 de agosto de 2008 16:02 BRT
 

PHOENIX (Reuters) - O vice-presidente dos Estados Unidos, Dick Cheney, aumentou a pressão norte-americana sobre Moscou na quarta-feira, chamando a ocupação russa na Geórgia de "investda injustifiada" e prometeu garantir a integridade territorial do país.

"Aquela jovem democracia foi submetida a uma investida injustificada", disse Cheney em discurso durante encontro de veteranos das forças armadas, em Phoenix.

"Nós apoiamos a democracia deles e vamos trabalhar com nossos aliados para garantir a integridade territorial da Geórgia, como uma nação livre e independente".

Cheney fez os comentários depois que a Rússia reconheceu, na terça-feira, duas regiões separatistas da Geórgia como Estados independentes, despertando tensão na já instável região do Cáucaso, além de colocar Moscou em um embate contra o Ocidente.

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, condenou o reconhecimento da Ossétia do Sul e da Abkházia por parte de Moscou, classificando-a como uma ação que "somente potencializa as tensões e complica as negociações diplomáticas".

Cheney viajará a Tbilisi na semana que vem. "O povo georgiano conquistou sua liberdade após anos de tirania e eles podem contar com a amizade dos Estados Unidos", afirmou o vice-presidente americano.

(Por Tim Gaynor)

 
<p>Investida da R&uacute;ssia na Ge&oacute;rgia &eacute; 'injustificada', diz Cheney. O vice-presidente dos Estados Unidos, Dick Cheney, aumentou a press&atilde;o norte-americana sobre Mosco, chamando a ocupa&ccedil;&atilde;o russa na Ge&oacute;rgia de 'investda injustifiada' e prometeu garantir a integridade territorial do pa&iacute;s. Foto do Arquivo. Photo by Ceerwan Aziz</p>