Ações européias fecham em queda puxadas por setor bancário

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008 14:42 BRT
 

LONDRES (Reuters) - As ações européias fecharam em queda nesta quarta-feira, pressionadas por preocupações de investidores sobre a economia norte-americana e pelo fraco desempenho do setor financeiro, que foi impactado pela queda acentuada das ações da financeira britânica HBOS .

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações das empresas européias, caiu 0,22 por cento, para 1.358 pontos.

As ações da HBOS despencaram 7,2 por cento após a companhia informar que suas margens do ano passado foram atingidas por custos maiores de financiamento e que os mercados de fundos atingiu sua margem de lucros no ano passado e tanto as margens do setor financeiro e do setor imobiliário estão apertadas.

Outros bancos também tiveram baixas, com o ING e o BNP Paribas perdendo mais de 1,5 por cento e o Allied Irish Banks caindo 4,9 por cento.

Ações ensaiaram uma recuperação depois da Fannie Mae e a Freddie Mac receberam sinal verde para investir mais dinheiro no mercado imobiliário norte-americano, um movimento que pode prover o capital necessário para estabilizar o fraco mercado imobiliário.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em queda de 0,18 por cento, a 6.076 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX avançou 0,17 por cento, para 6.997 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 caiu 0,09 por cento, para 4.968 pontos.

Em Milão, o índice Mibtel encerrou em alta de 0,11 por cento, a 26.359 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou valorização de 0,13 por cento, para 13.454 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 teve baixa de 0,41 por cento, para 11.123 pontos.