Forte procura gera aumento do preço das ações da BM&F

terça-feira, 27 de novembro de 2007 07:30 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A forte procura pelas ações da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) fez com que a instituição elevasse a faixa de preços de suas ações, que começarão a ser negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), nesta sexta-feira.

Em comunicado ao mercado, publicado em alguns jornais nesta terça-feira, a BM&F informou que elevou a faixa indicativa de preço para entre 18 reais e 20 reais. Inicialmente, a BM&F havia estabelecido uma faixa de preços que ia de 14,50 a 16,50 reais.

A fixação do preço dos papéis será feita na quarta-feira. A BM&F alerta no comunicado que mesmo tendo alterado a faixa indicativa dos preços, o valor do papel pode ser fixado fora desta faixa.

O lote principal de ações que será ofertado continua sendo de 260.160.736 ações ordinárias, mas o lote suplementar pode ser reduzido.

Uma liminar concedida pela Justiça está impedindo que um dos acionistas venda suas ações na oferta. Se a liminar não for cassada até as 17 horas de quarta-feira, o lote suplementar será reduzido em 8.891.662 ações, passando a ser de 30.132.448 ações.

Considerando o lote principal e o suplementar reduzido e se os papéis saírem no teto da faixa de preços, a oferta da BM&F levantará 5,8 bilhões de reais.

A oferta pública inicial de ações da BM&F, a quarta maior bolsa de mercadorias e futuros do mundo, é uma das operações mais esperadas do ano pelo mercado de capitais.

(Por Renato Andrade)