Cepal mantém previsão de expansão da A. Latina em 4,7% no ano

quarta-feira, 27 de agosto de 2008 12:52 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) manteve nesta quarta-feira a previsão para o crescimento da região em 4,7 por cento neste ano, e estimou expansão de 4,0 por cento em 2009, diante da desaceleração da economia global e da escalada da inflação.

A Cepal manteve também o prognóstico para o desempenho do Brasil neste ano em 4,8 por cento, e previu para 2009 crescimento de 4,0 por cento.

No ano passado, a economia da região como um todo cresceu 5,7 por cento.

Apesar do menor dinamismo previsto para este ano, a Cepal, braço da Organização das Nações Unidas (ONU), destacou que a região "completará o sexto ano consecutivo de crescimento... Para encontrar um período similar na história econômica da América Latina e do Caribe, teríamos que voltar 40 anos atrás". A Cepal reiterou que a região se encontra melhor preparada para enfrentar o aumento da volatilidade externa resultante da crise do setor imobiliário dos Estados Unidos.

O organismo também manteve a estimativa para o crescimento da Argentina em 2008 em 7,0 por cento, e fez uma previsão de 5,0 por cento para 2009. Para o México, no entanto, a Cepal reduziu a previsão de 2008, de 2,7 para 2,5 por cento, e estimou expansão de 2,5 por cento no ano que vem.

(Por Antonio de la Jara)