"Homem-Aranha francês" escala Edifício Itália e é levado pela PM

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008 17:05 BRT
 

Por Maurício Savarese

SÃO PAULO (Reuters) - Alain Robert, conhecido como o "Homem-Aranha francês", escalou nesta quarta-feira o Edifício Itália, no centro de São Paulo, após duas tentativas frustradas pela segurança do local. No final da ação, foi levado pela polícia.

Em pouco mais de uma hora, Robert desceu e subiu o prédio de 151 metros, um dos cartões-postais da cidade, diante de dezenas de pessoas que o aplaudiram.

O francês saiu do edifício acompanhado pela Polícia Militar, embora os policiais não soubessem informar porque ele estava sendo detido, nem para qual delegacia estava sendo levado.

Acompanhado da reportagem da Reuters, Robert foi ao Terraço Itália, restaurante no último andar do edifício, para uma sessão de fotos e uma entrevista.

Enquanto um segurança explicava à reportagem como impediu o francês de escalar o prédio sem autorização, Robert escapuliu e, em não mais que três segundos, começou a descida.

O francês estava com a roupa e os aparelhos de escalada por baixo da calça jeans e da camiseta.

"Fazer esta operação aqui no Brasil é muito desafiador. No domingo passado, não desci porque a segurança me impediu, segurou meu pé na hora. Isso nunca tinha acontecido", disse Robert à Reuters antes da empreitada.

A segunda tentativa frustrada foi na terça-feira.

Robert faz escaladas deste tipo desde o início dos anos 1990 e já passou por países como Estados Unidos, China, Alemanha, entre outros.

No Brasil, ele tentou há 12 anos subir o Edifício Itália, mas não obteve autorização. Na época, o francês disse ter tido permissão apenas para escalar o prédio da Fiesp.

 
<p>O franc&ecirc;s Alain Robert, conhecido como o 'Homem-Aranha franc&ecirc;s', come&ccedil;a descida pelo Edif&iacute;cio It&aacute;lia, no centro de S&atilde;o Paulo. Photo by Rickey Rogers</p>