PANORAMA-Mercados respiram com injeção de recursos no Citigroup

terça-feira, 27 de novembro de 2007 19:08 BRST
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 27 de novembro (Reuters) - As bolsas de valores nos Estados Unidos e no Brasil respiraram um pouco mais aliviadas com o interesse de investidores árabes no Citigroup (C.N: Cotações) e recuperaram nesta terça-feira parte das fortes perdas da véspera.

A compra de 4,9 por cento do maior banco norte-americano pelo fundo soberano de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, trouxe um sopro de confiança ao mercado após várias sessões de baixa para o setor bancário.

"O interesse de um grande investidor do golfo (Pérsico) em uma fatia de uma instituição financeira dos Estados Unidos está claramente confortando os mercados, pois sugere que investidores de longo prazo com muitos recursos estão começando a ver valor em ativos financeiros norte-americanos depreciados", avaliou o Credit Suisse em relatório a clientes.

A notícia amorteceu o impacto da queda da confiança dos consumidores norte-americanos para o menor nível em dois anos. Segundo o Conference Board, o índice caiu para 87,3 em novembro por conta das preocupações com a alta da gasolina e com a volatilidade nos mercados financeiros.

A quarta-feira traz dados aguardados com mais expectativa pelo mercado. O Federal Reserve divulga o Livro Bege --um sumário sobre as condições econômicas dos Estados Unidos. Outro indicador previsto nos EUA é sobre a produção de bens duráveis.

No Brasil, dificuldades no cenário político começam a incomodar o mercado. A agência de classificação de risco Standard & Poor's citou o possível fracasso na prorrogação da CPMF como fator que pode adiar o grau de investimento.

Veja como encerraram os principais mercados nesta terça-feira:   Continuação...