Lucro da Visa sobe no 2o trimestre, mas ações caem

segunda-feira, 28 de abril de 2008 19:56 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Visa, a maior rede de cartões do mundo, anunciou nesta segunda-feira que seu lucro trimestral cresceu, ajudado pela queda nos gastos com impostos, mas as ações da empresa caíram no mercado futuro.

A empresa, com sede em São Francisco, afirmou que o lucro líquido para o segundo trimestre fiscal, com término em 31 de março, foi de 314 milhões de dólares, ou 0,39 dólar por ação classe A. No mesmo trimestre do ano passado o resultado foi de 246 milhões de dólares.

A Visa abriu capital em março e esse é o seu primeiro resultado como companhia com ações listadas em bolsa.

O lucro operacional caiu durante o trimestre, para 349 milhões de dólares frente aos 394 milhões de dólares no mesmo período do último ano, atingido fortes gastos com propaganda.

As receitas operacionais subiram de 1,19 bilhões para 1,45 bilhões de dólares.

Nos negócios pós-fechamento, as ações da Visa caíam 4 por cento frente ao fechamento deste segunda-feira, a 75,63 dólares.

(Reportagem de Dan Wilchins)