PANORAMA1-Fim de mês mostra efeitos da crise; política esquenta

segunda-feira, 31 de março de 2008 08:00 BRT
 

SÃO PAULO, 31 de março (Reuters) - A virada de mês --e de trimestre-- vai confirmar os respingos da crise global de crédito sobre o Brasil.

Até sexta-feira, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo contabilizava perdas de 4,8 por cento em março --o que dificilmente será neutralizado nesta segunda-feira. O dólar mostrava alta de 3,1 por cento sobre o real.

A agenda macroeconômica traz poucos indicadores capazes de radicalizar os mercados financeiros. No Brasil, o Banco Central divulga o resultado fiscal do setor público consolidado referente a fevereiro.

COMMODITIES E ENERGIA

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulga o relatório anual sobre intenção de plantio para soja, milho e trigo nos EUA.

O relatório está sendo considerado um dos mais importantes nos últimos tempos por poder deixar clara uma grande mudança nas intenções de plantio dos produtores norte-americanos, que reduziriam a área de milho e elevariam a de soja.

Analistas consultados pela Reuters esperam queda de 6,2 milhões de acres na área de milho da safra 2008.

  Continuação...