Crise global não afetou investimentos no Brasil, diz BNDES

quinta-feira, 28 de agosto de 2008 12:24 BRT
 

BRASÍLIA, 28 de agosto (Reuters) - As taxas de investimento do Brasil não foram afetadas pela crise financeira internacional no último ano, afirmou nesta quinta-feira o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho.

Em discurso durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, no Palácio do Planalto, Coutinho ponderou, entretanto, que o país não está totalmente imune às turbulências internacionais.

"Em um ano de crise internacional, os investimentos no Brasil nem tremeram. Mas isso não quer dizer que está tudo resolvido e que podemos subir no salto alto com arrogância", pontuou Coutinho.

Para o presidente do BNDES, o Brasil tem "um padrão de crescimento virtuoso" devido ao aquecido mercado interno, grande oferta de crédito e confiança do empresariado.

"Temos que aumentar a capacidade de poupança, para que os investimentos dependam mais de nós. Assim, passaremos ao clube das economias que têm autonomia para crescer", explicou.

(Reportagem de Fernando Exman; Edição de Renato Andrade)