BOVESPA-Mix de indicadores nos EUA mantém mercado volátil

sexta-feira, 28 de março de 2008 11:43 BRT
 

SÃO PAULO, 28 de março (Reuters) - A reação dos mercados de Wall Street à divulgação de uma série de indicadores econômicos dos Estados Unidos fazia a Bolsa de Valores de São Paulo ter uma manhã volátil nesta sexta-feira.

Às 11h35, o Ibovespa .BVSP tinha variação negativa de 0,13 por cento, aos 60.679 pontos. O giro financeiro, de 994 milhões de reais, sinalizava um movimento mais tímido do que a média diária de 2008.

"Os mercados estão voláteis porque os índices norte-americanos apontam em direções diferentes", disse Luiz Roberto Monteiro, assessor de investimentos da corretora Souza Barros.

De um lado, os investidores comemoravam a notícia de que o índice de inflação PCE, um dos preferidos do Federal Reserve, subiu apenas 0,1 por cento em fevereiro. De outro, a confiança do consumidor norte-americano caiu em março para o menor patamar em 16 anos, apontando uma recessão, segundo pesquisa Reuters/Universidade de Michigan.

No mesmo horário, o índice industrial Dow Jones .DJI, da Bolsa de Valores de Nova York, tinha oscilação positiva de 0,08 por cento.

Na bolsa paulista, ações de bancos e de empresas ligadas a commodities puxavam as perdas. Os papéis preferenciais da Aracruz ARCZ6.SA caíam 3,1 por cento, a 11,71 reais. E as ações ordinárias do Banco do Brasil (BBAS3.SA: Cotações) recuavam 2,4 por cento, para 24,00 reais.

Na contramão, o setor de telecomunicações subia em bloco, após notícias veiculadas nos jornais desta sexta-feira de que o grupo Oi fechou a compra da Brasil Telecom. As ações preferenciais da Oi TNLP4.SA avançavam 2,3 por cento, a 43,90 reais, enquanto as preferenciais da Brasil Telecom BRTP4.SA tinham ganho de 4,1 por cento, a 22,13 reais.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Daniela Machado)