Mudança de regra garante balanço positivo do BC no 1o semestre

quinta-feira, 28 de agosto de 2008 16:30 BRT
 

BRASÍLIA, 28 de agosto (Reuters) - O Banco Central encerrou o primeiro semestre do ano com resultado positivo de 3,2 bilhões de reais, graças a uma mudança na forma de elaboração do balanço.

O custo de carregamento das reservas internacionais e a variação cambial, que pesavam sobre as contas do BC, passaram a não ser contabilizados no balanço a partir do primeiro semestre deste ano, ficando a cargo do Tesouro Nacional equalizar essas despesas.

De janeiro a junho, essa equalização custou aos cofres do Tesouro 44 bilhões de reais. Com isso, pela regra antiga, o BC poderia ter encerrado o primeiro semestre de 2008 com um resultado negativo de quase 41 bilhões de reais.

Na primeira metade de 2007, o BC registrou resultado negativo de 30,3 bilhões de reais.

O balanço do BC foi aprovado nesta quinta-feira pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

"O resultado representa, principalmente, a diferença entre receitas e despesas com juros incidentes sobre as operações em moeda local, tais como operações com títulos em carteira e compromissadas, remuneração da conta única do Tesouro Nacional e remuneração de depósitos compulsórios", afirmou o CMN em comunicado.

O BC irá transferir os recursos para o Tesouro Nacional em até 10 dias.

Tradicionalmente, o BC registra resultados negativos que são cobertos pelo Tesouro.

(Reportagem de Isabel Versiani; Texto de Renato Andrade; Edição de Daniela Machado)