BOVESPA-Índice segue reação global e sobe após 5 quedas seguidas

terça-feira, 28 de outubro de 2008 12:51 BRST
 

SÃO PAULO, 28 de outubro (Reuters) - No embalo da recuperação das praças internacionais, a Bolsa de Valores de São Paulo experimentava forte alta nesta terça-feira, apesar de novos indícios de recessão nos Estados Unidos.

Às 12h49, o Ibovespa .BVSP exibia valorização de 2,95 por cento, para 30.302 pontos. O giro financeiro da sessão era de 1,15 bilhão de reais.

De acordo com profissionais do mercado, a sequência de fortes baixas, que levou os índices das principais praças globais a novas mínimas em 5 anos e a bolsa paulista a acumular perda de 40 por cento em outubro, abriu o apetite dos caçadores de barganhas.

"É uma reação puramente técnica. Não tem nenhuma fundamentação econômica", disse Luiz Roberto Monteiro, assessor financeiro da corretora Souza Barros. "Até que as medidas de governos para sanear a crise façam efeito, o mercado tende a continuar muito volátil", completou.

O movimento positivo nesta terça-feira começou nas bolsas asiáticas. O índice Nikkei, da Bolsa de Tóquio, disparou 6,4 por cento, emergindo do menor patamar desde 1982, depois que o governo local mostrou-se propenso a banir as vendas de ações à descoberto.

A tendência espalhou-se pela Europa, motivada por altas acentuadas do setor automotivo, depois que a Porsche decidiu aumentar sua participação na Volkswagen (VOWG.DE: Cotações).

No entanto, esse alento momentâneo já começava a perder força, depois da divulgação de que o índice de confiança do consumidor norte-americano caiu em outubro ao menor patamar já registrado, muito abaixo das previsões de analistas.

Com isso, o índice Dow Jones .DJI reduzia a valorização para 1,54 por cento, depois de ter chegado a subir mais de 3 por cento nos primeiros minutos de negócios.

Na bolsa paulista, o Ibovespa conservava-se no azul, suportado pela reação das ações de bancos. Itaú ITAU4.SA subia 6,74 por cento, para 18,68 reais. Bradesco BBDC4.SA avançava 7,16 por cento, a 20,51 reais.   Continuação...