Oposição tenta impedir votação em reforma de energia no México

terça-feira, 28 de outubro de 2008 16:21 BRST
 

CIDADE DO MÉXICO, 28 de outubro (Reuters) - Legisladores esquerdistas tumultuaram a Câmara dos Deputados do Congresso mexicano nesta terça-feira, para tentar impedir a votação final das reformas na legislação do uso de energia.

Dezenas de deputados ocuparam o pódio, acenando com bandeiras do México, pouco antes do debate da votação para o pacote de reformas na área de energia, apoiado pelo presidente conservador Felipe Calderón, se iniciarem.

Esperava-se que o pacote passasse confortavelmente pelo legislativo, à medida que o governo tem o apoio de um dos maiores partidos de oposição, assim como muito parlamentares esquerdistas.

No entanto, analistas disseram que as mudanças não são o bastante para modificar a trabalhos da indústria.

O México, sexto maior produtor de petróleo do mundo, tem visto sua produção cair para o menor nível em 13 anos. A indústria do petróleo, nacionalizada em 1938, é considerada por muitos mexicanos como "baluarte da soberania nacional".

Oponentes ao pacote da reforma argumentam que a mudança na verdade é uma maneira de privatizar a indústria.