Aécio e Pimentel tentam manter aliança PSDB-PT em Belo Horizonte

quarta-feira, 28 de maio de 2008 20:31 BRT
 

BELO HORIZONTE (Reuters) - Apesar do veto da Executiva Nacional do PT, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) e o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), apostam na manutenção da aliança para as eleições à prefeitura da capital mineira.

O governador e o prefeito manifestaram na quarta-feira esperança de que a decisão petista seja revista, principalmente depois do aval que receberam do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na terça-feira, quando esteve em Minas Gerais.

"Tenho conversado com meus companheiros do diretório nacional, com esperança de mudar a decisão da Executiva. Temos ao nosso lado pessoas muito importantes na vida partidária. Estamos trabalhando com a expectativa de uma vitória", afirmou o prefeito de Belo Horizonte a jornalistas.

Entre as "pessoas muito importantes", Pimentel inclui o próprio presidente Lula, que se reuniu com ele e com Aécio na capital mineira e reafirmou seu apoio à coligação.

"(O presidente) é inteiramente solidário com o movimento que fazemos aqui. Além da fala pública, algumas ações ele deve estar fazendo, mas não me perguntem que tipo de ação, porque seria ferir a confiança com a qual ele me privilegia", disse o prefeito.

"É uma posição política importante. Agora, o reflexo dela na direção nacional do PT nós vamos ter que aguardar", completou Aécio.

APOIO DE PREFEITOS Pimentel e correligionários do PT mineiro tentarão, na sexta-feira, convencer o diretório nacional do partido a autorizar a aliança entre petistas e tucanos.

O obstáculo à aliança, no entender dos petistas, é justamente o envolvimento de Aécio Neves, que poderia se beneficiar do entendimento em uma possível candidatura à sucessão de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2010.

Na quarta-feira, Pimentel recebeu 51 prefeitos do interior de Minas Gerais que estiveram em Belo Horizonte para mostrar apoio à coligação. Os prefeitos entregaram um manifesto com a assinatura de todos para ser encaminhado ao diretório nacional.   Continuação...