Odebrecht quer fazer estaleiro em busca de negócios da Petrobras

quarta-feira, 28 de maio de 2008 18:36 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente do Conselho de Administração da Odebrecht, Emílio Odebrecht, afirmou que a empresa pode construir mais de um estaleiro para atender a demanda de investimentos da Petrobras.

"Pode ser um ou mais estaleiros e também dique seco", disse o executivo a jornalistas após participar do 20o Fórum Nacional, no BNDES.

"A Petrobras tem um programa de investimento onde temos interesse, onde talvez sejamos um dos maiores prestadores de serviço no Brasil e no exterior. Nosso crescimento tem que estar ligado ao crescimento de nossos clientes", acrescentou o executivo, que não descartou a possibilidade de também comprar um estaleiro nacional.

A empresa já possui um estaleiro na cidade de São Roque na Bahia.

Segundo o executivo, a primeira plataforma semi-submersível da Petrobras foi construída pela Odebrecht, em Cingapura.

Emílio Odebrecht disse que a empresa também estaria interessada em entrar no mercado de sondas de perfuração de petróleo em águas ultra-profundas.

"O Brasil hoje, em termos de engenharia, é altamente auto-suficiente, opera no primeiro mundo e exporta este tipo de serviço", falou Emílio.

Nesta semana a Petrobras anunciou um programa para contratação nos próximos anos de 146 embarcações de apoio e 40 sondas de perfuração.

JIRAU   Continuação...