Lucro da Kraft Foods no 2o trimestre supera estimativas

segunda-feira, 28 de julho de 2008 11:43 BRT
 

CHICAGO, Estados Unidos (Reuters) - A Kraft Foods apresentou nesta segunda-feira um lucro trimestral acima do esperado. O balanço foi influenciado por aumentos de preços e ganhos nas posições de hedge que reduziram efeitos de custos crescentes com energia e commodities, como o trigo.

A maior fabricante de alimentos da América do Norte também elevou sua previsão de vendas e lucros anuais e suas ações subiam 3,81 por cento.

A companhia teve lucro de 732 milhões de dólares no segundo trimestre, ou 0,48 dólar por ação, contra 707 milhões de dólares, ou 0,44 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo-se os itens extraordinários, o lucro foi de 0,58 dólar por ação, contra 0,50 dólar no ano anterior. Segundo a Reuters Estimates, o lucro médio esperado por analistas era de 0,50 dólar por ação.

A Kraft, assim como a maior parte das empresa alimentícias, tem sido afetada pelos crescentes preços das commodities e se esforça para desenvolver novos produtos e promover outras medidas para estimular as vendas.

A empresa tem expectativa de que os custos das commodities subam 2 bilhões de dólares, ou 13 por cento, em 2008 ante 2007. "Todo mundo está lidando com os mesmo preços de matérias-primas e creio que todos compreenderão que isso não acabará tão cedo", afirmou Irene Rosenfeld, presidente-executiva da Kraft durante conferência com analistas.

As vendas cresceram 21,4 por cento, para 11,2 bilhões de dólares, com 9,6 pontos desse crescimento vindos de aquisições e 5,6 pontos devido ao dólar mais fraco.

Em volume, as vendas caíram 1 por cento uma vez que alguns clientes foram afetados pelos aumentos nos preços.

Para o ano, o grupo espera lucro antes de itens não recorrentes de pelo menos 1,92 dólar por ação, ante previsão anterior de 1,90 dólar por ação. A projeção de alta nas vendas orgânicas subiu para no mínimo 6 por cento, acima da estimativa anterior de 5 por cento.