BOVESPA-Petrobras e Vale sustentam alta do índice; teles pesam

segunda-feira, 28 de abril de 2008 12:48 BRT
 

SÃO PAULO, 28 de abril (Reuters) - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) sustentava ritmo positivo nesta segunda-feira, apoiada na valorização das ações da Petrobras e da Vale, as de maior peso no índice.

Depois de ter chegado a se aproximar dos 66 mil pontos nos primeiros minutos de negócios, o Ibovespa .BVSP reduziu a aceleração e, às 12h42, subia 0,7 por cento, aos 65.637 pontos. O giro financeiro era de 2,4 bilhões.

Segundo operadores, o predominância das compras pela segunda sessão seguida evoluía na esteira da calmaria nos mercados de Wall Street, que custavam a firmar tendência à espera de dados importantes da economia dos Estados Unidos.

"Enquanto não há notícias negativas, a ordem é comprar", disse um operador de uma grande corretora paulista que preferiu não se identificar.

Na Bolsa de Nova York, o índice industrial Dow Jones .DJI operava praticamente estável, com oscilação negativa de 0,02 por cento. Os investidores aguardam a decisão sobre a nova taxa de juro norte-americanas, que sai na quarta-feira. O mercado espera que o BC dos EUA faça mais um corte de 0,25 ponto percentual do juro do país, hoje em 2,25 por cento ao ano.

De acordo com o profissional, o movimento era liderado por investidores estrangeiros, grupo que já injetou 6,4 bilhões de reais na compra de ações negociadas na Bovespa nos primeiros 23 dias de abril.

O foco novamente eram as blue chips. As ações preferenciais da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) avançavam 1,19 por cento, a 42,65 reais, enquanto as preferenciais da Vale (VALE5.SA: Cotações) subiam 1,75 por cento, a 52,40 reais. Juntas, as duas respondiam por mais de um terço do giro do pregão.

TELES LIDERAM PERDAS   Continuação...