Petróleo nos EUA fecha em queda com foco em reserva estratégica

quinta-feira, 28 de agosto de 2008 17:31 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os futuros do petróleo nos Estados Unidos fecharam em queda nesta quinta-feira pela primeira vez em quatro sessões, atingidos pela notícia de que a Agência Internacional de Energia e o governo norte-americano estão prontos a liberar reservas estratégicas, se a tempestade Gustav prejudicar a produção no Golfo do México.

Os dados do governo mostrando uma alta recorde nos estoques de gás natural se somaram ao sentimento baixista da sessão.

Na Nymex, o contrato outubro fechou em queda de 2,56 dólares, ou 2,17 por cento, a 115,59 dólares, após ter sido negociado entre 114,08 e 120,50 dólares.

O contrato recuou após subir mais de 3,56 dólares nas últimas três sessões.

Em Londres, o contrato outubro do petróleo tipo Brent caiu 2,05 dólares, ou 1,76 por cento, para 114,17 dólares por barril, após ter sido negociado entre 112,81 e 118,26 dólares. A tempestade tropical Gustav se fortaleceu se dirigindo para a Jamaica, e o sistema deve retomar o estatus de furacão ainda nesta quinta-feira, afirmou o centro norte-americano de furacões.

Gustav deve passar pela infra-estrutura petrolífera da costa de Louisiana ou do Texas na segunda ou terça-feira.

A Agência Internacional de Energia com sede em Paris afirmou que está pronta para liberar reservas estratégicas se a tempestade tropical Gustav atingir o Golfo do México.

O governo norte-americano está preparado para fornecer petróleo de sua reserva estratégica se a tempestade Gustav afetar seriamente a produção da commodity, afirmou o Departamento de Energia.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)