China pode estar se movendo para iuan mais forte, diz UE

quarta-feira, 28 de novembro de 2007 08:25 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A China pode estar caminhando na direção de um iuan mais forte, como pede a Europa, disseram autoridades européias nesta quarta-feira.

"Fomos informados que há algo, que será examinado", disse o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, em uma entrevista coletiva após dois dias de conversações em Pequim sobre câmbio e comércio.

O BCE e o BC chinês formarão um grupo de trabalho para examinar questões cambiais. "Temos que corrigir esse desequilíbrio", afirmou o presidente do Eurogroup, Jean-Claude Juncker.

A União Européia adotou uma postura mais dura com a China após concluir que uma linha mais suave não estava dando resultados suficientes.

As autoridades européias conversaram com o presidente do BC chinês, Zhou Xiaochuan, e com o primeiro-ministro, Wen Jiabao, para pressionar o país a deixar o iuan subir mais rapidamente.

Trichet disse que a UE recebeu bem a iniciativa chinesa de tornar o consumo doméstico um maior contribuidor do crescimento.