28 de Janeiro de 2008 / às 17:00 / 10 anos atrás

BOLSA EUROPA-SocGen e temor com economia derrubam ações

LONDRES (Reuters) - As bolsas européias fecharam em queda nesta segunda-feira atingidas por novas preocupações dos investidores com a perspetiva do crescimento global e pela persistente crise do banco Société Générale.

Segundo dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações das empresas européias, caiu 1,18 por cento, para 1.314 pontos. O resultado, no entanto, ficou acima da mínima registrada na sessão à medida que resultados corporativos nos EUA ajudaram a reverter as quedas das bolsas norte-americanas.

O índice europeu chegou a registrar queda de 2,48 por cento.

As ações do SocGen caíam 3,4 por cento após uma corretora rebaixar a sua avaliação, o que pesou sobre o setor financeiro, com o HSBC, o Barclays e o UBS caíram entre 1,3 e 2,3 por cento.

"Basicamente a história é a mesma já há algum tempo, desde o começo do ano com os fracos dados econômicos e pouca visibilidade para as companhias", disse Philippe Gijsels, estrategista sênior do Fortis Bank.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 1,36 por cento, a 5.788 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,03 por cento, para 6.818 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 0,61 por cento, para 4.848 pontos.

Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em baixa de 0,15 por cento, a 25.858 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 0,87 por cento, para 13.026 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve baixa de 0,3 por cento, para 11.087 pontos.

Reportagem Amanda Cooper

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below