Bombardier aumenta produção de jatos após alta no lucro

quarta-feira, 28 de novembro de 2007 14:29 BRST
 

Por Robert Melnbardis

MONTREAL (Reuters) - A Bombardier informou nesta quarta-feira que planeja aumentar a velocidade de produção de seus jatos regionais, após o lucro trimestral ter crescido 23 por cento com nível elevado de entregas destas aeronaves e jatos executivos.

A Bombardier divulgou lucro de 91 milhões de dólares, ou 0,05 dólar por ação, no terceiro trimestre encerrado em 31 de outubro. No mesmo período do ano passado, a companhia teve resultado positivo de 74 milhões de dólares.

A receita subiu 15 por cento, de 3,4 bilhões para 4,2 bilhões de dólares, principalmente por causa de maiores entregas de aeronaves regionais e executivas.

A fabricante canadense informou que aumentará a produção dos jatos CRJ700 e CRJ900 para uma aeronave a cada três dias ante uma a cada quatro dias. O aumento na produção acontece após medida semelhante adotada em agosto.

A expectativa da companhia é produzir 50 CRJ700s e CRJ900s neste ano fiscal, que termina em 31 de janeiro, e cerca de 64 destes modelos no próximo ano.

A companhia, que tem a brasileira Embraer como principal rival no mercado regional de jatos, relatou que o acúmulo de pedidos no final do trimestre somou um novo recorde de 19,6 bilhões de dólares no setor aéreo e 32 bilhões de dólares no ferroviário.

No terceiro trimestre, o lucro foi impulsionado por melhores preços de venda de jatos executivos e aeronaves regionais. Mas o resultado foi contido pela apreciação do dólar canadense frente ao dólar dos Estados Unidos e à libra esterlina, afirmou a Bombardier.

Encomendas de aeronaves subiram para 124 ante 95 registradas um ano antes, com pedidos líquidos de jatos executivos saltando de 57 parara 112 unidades.