Wall St cai com dados do desemprego e alerta do Fed sobr banco

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008 19:38 BRT
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas norte-americanas fecharam em queda nesta quinta-feira à medida que investidores se preocupavam com renovados sinais de fraqueza no mercado de trabalho e com o alerta do chairman do Fed sobre a possível falência de pequenos bancos devido à crise do setor imobiliário.

O índice Dow Jones teve baixa de 0,88 por cento, a 12.582 pontos. O Standard & Poor's 500 caiu 0,89 por cento, a 1.367 pontos. O Nasdaq retrocedeu 0,94 por cento, a 2.331 pontos.

As ações do setor financeiro lideraram as perdas após Ben Bernanke, discursando pelo segundo dia diante de membros do Congresso norte-americano, dizer que pequenos bancos que investiram pesadamente no estado real podem falir à medida que a crise do mercado imobiliário drene seu capital.

Dois lembretes do estado frágil da economia norte-americana vieram mais cedo: os números de pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos saltaram na última semana enquanto que a mais recente estimativa da atividade econômica, medida pelo Produto Interno Bruto, confirmou que o crescimento foi muito fraco no último trimestre de 2007.

"Os comentários sobre o setor financeiro (do Bernanke) assustaram as pessoas", disse Owen Fitzpatrick, chefe do grupo de ações norte-americanas no Deutsche Bank Private Wealth Management. "Isso reflete o medo de mais baixas contábeis. Se os pequenos bancos quebrarem, isso pode levar a mais baixas contábeis em geral."

 
<p>Operadores trabalham na Bolsa de Valores de Nova York, 28 de fevereiro. As bolsas norte-americanas fecharam em queda nesta quinta-feira &agrave; medida com o alerta do chairman do Fed sobre a poss&iacute;vel fal&ecirc;ncia de pequenos bancos devido &agrave; crise do setor imobili&aacute;rio. Photo by Brendan Mcdermid</p>