Reuters vê lucro maior que o esperado em 2007

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008 11:40 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A fornecedora de notícias e informações financeiras Reuters, que aguarda a aprovação de órgãos reguladores para fechar sua aquisição pela canadense Thomson, informou nesta sexta-feira que o lucro antes de juros e impostos de 2007 será maior que o antecipado.

A Reuters informou que espera ter lucro de pelo menos 380 milhões de libras (753 milhões de dólares). Os resultados completos serão divulgados na próxima semana.

O crescimento da receita foi forte no primeiro trimestre, acrescentou a companhia, que espera que a operação com a Thomson seja completada em 17 de abril.

"O conselho continua confiante nas perspectivas da Reuters, apesar da atual incerteza nos mercados financeiros", informou a companhia nesta sexta-feira.

A futura empresa combinada manterá a meta atual da Thomson de pagamento de dividendos de cerca de 40 por cento do fluxo de caixa livre anual, com um pagamento inicial trimestral de 0,27 dólar por ação, informou a Reuters.

Pesquisa da Reuters Estimates com seis analistas previa para a companhia lucro antes de impostos e juros de 361,1 milhões de libras.

(Os repórteres e os editores envolvidos na redação e na edição dessa matéria podem ter ações da Reuters e estão sujeitos ao Código de Conduta da Reuters, que restringe a negociação de ações de empresas sobre as quais um jornalista está escrevendo)