29 de Novembro de 2007 / às 21:07 / 10 anos atrás

PANORAMA-Bovespa retoma 62 mil pontos, mas juros incomodam dólar

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 29 de novembro (Reuters) - A instabilidade dos juros futuros ganhou força nesta quinta-feira e a alta de cerca de 1 por cento dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) mais negociados chegou a contaminar o mercado de câmbio. Já para o Ibovespa o dia foi de ganhos e recuperação dos 62 mil pontos.

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), a alta dos juros foi patrocinada pela procura de hedge dos investidores que compraram LTN e a preocupação com o trâmite da Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF) no Congresso, entre outros motivos citados por operadores.

Pesou também o menor apetite de estrangeiros pelos contratos de DI. Esses agentes, que contribuem com boa parte da liquidez do mercado, rarearam após vários dias de desmonte de posições no mercado futuro de câmbio.

“Não tem mais aquele fluxo de entrada no DI. As tesourarias não têm um horizonte para vender (os contratos)”, afirmou Renato Schoemberger, operador da Alpes Corretora.

A instabilidade pressionou o dólar no final da sessão. A moeda norte-americana, após passar boa parte do dia em queda, fechou estável --influenciada também por uma desaceleração das bolsas norte-americanas no final da tarde.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quinta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou estável, a 1,794 real. O volume do segmento interbancário foi de 3,06 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa subiu 0,72 por cento, a 62.156 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,63 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em baixa de 0,26 por cento, aos 35.632 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) subiram na BM&F. O DI janeiro de 2009 fechou a 11,66 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 atingiu 12,17 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, avançava para 133,56 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,58 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil mostrava estabilidade, a 229 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 256 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI subiu 0,17 por cento, a 13.311 pontos. O Nasdaq .IXIC registrou alta de 0,20 por cento, aos 2.668 pontos. O índice S&P 500 .SPX exibiu variação positiva de 0,05 por cento, a 1.469 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento recuava para 3,94 por cento no final da tarde ante 4,05 por cento na quarta-feira.

Reportagem adicional de Angela Bittencourt e Rodolfo Barbosa; Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below