BOLSA EUROPA-Mineradoras e bancos derrubam índices

terça-feira, 29 de abril de 2008 08:31 BRT
 

FRANKFURT, 29 de abril (Reuters) - As principais bolsas européias operavam em terreno negativo na manhã desta terça-feira, conforme os ganhos das petrolíferas BP (BP.L: Cotações) e Shell (RDSa.L: Cotações) eram sobrepostos por fracos papéis de mineradoras e bancos depois que o Deutsche Bank (DBKGn.DE: Cotações) divulgou mais baixas contábeis.

Às 8h28 (horário de Brasília) o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que acompanha as principais empresas da Europa, tinha queda de 0,62 por cento, aos 1.330 pontos. O índice teve seu maior patamar de fechamento em dois meses na sessão anterior, quando foi impulsionada justamente pelos setores minerador e financeiro.

As ações de bancos eram as que mais pesavam no índice, com o Deutsche Bank perdendo 0,5 por cento depois de anunciar mais baixas contábeis. O banco britânico HBOS HBOS.L tinha queda de 0,9 por cento após fazer uma requisição de dinheiro vivo no valor de 4 bilhões de libras (7,93 bilhões de dólares).

As mineradoras acompanhavam a tendência negativa. A BHP Billiton (BLT.L: Cotações) cedia 3 por cento; a Rio Tinto (RIO.L: Cotações) perdia 3,2 por cento e a Anglo American (AAL.L: Cotações) tinha baixa de 3,17 por cento.

Já a petrolífera BP subia mais de 5 por cento e a Royal Dutch Shell ganhava 4,3 por cento. Fortes balanços de ambas as empresas davam força também à Total (TOTF.PA: Cotações), que avançava 2,9 por cento.

Investidores aguardavam ainda a decisão do Federal Reserve sobre a taxa de juros norte-americana na quarta-feira e dados sobre empregos na sexta-feira.

"Há muitos dados importantes vindo esta semana e tem a decisão do Fed, então não é exatamente um bom momento para montar posições antes disso", afirmou Yann Lepape, economista na Oddo Securities.

Confira o desempenho das principais bolsas européias às 8h28:

BOLSA PONTUAÇÃO VARIAÇÃO %   Continuação...