Taxa de desemprego no Japão atinge 4,1% em junho

terça-feira, 29 de julho de 2008 07:13 BRT
 

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - A taxa de desemprego no Japão subiu para o maior nível em quase dois anos em junho à medida em que as fábricas reduziram as contratações, ameaçando o já reduzido volume de gastos dos consumidores e a economia como um todo, que provavelmente se contraiu no segundo trimestre.

Os gastos dos consumidores, um importante indicador econômico, caiu 1,8 por cento em junho frente ao mesmo período do ano passado, marcando a quarta queda mensal consecutiva.

Economistas esperavam um recuo de 2,8 por cento, mas o dado melhor não trouxe motivos para grandes comemorações.

Enquanto isso, a taxa de desemprego no país subiu para 4,1 por cento, de acordo com dados com ajuste sazonal, ante estimativa de 4 por cento.

"Na medida em que o mercado de trabalho trava, os preços aos consumidores estão subindo e prejudicando o poder de compra dos cidadãos e piorando a confiança do consumidor", afirmou Naoki Izuka, economista-sênior da Mizuho Securities.