BOVESPA-Índice ensaia 3a alta, mas caminha para queda em agosto

sexta-feira, 29 de agosto de 2008 11:43 BRT
 

SÃO PAULO, 29 de agosto (Reuters) - Num início de sessão volátil, a Bolsa de Valores de São Paulo conseguia se manter em terreno positivo na manhã desta sexta-feira, ajudada pelo bom desempenho dos setores petrolífero, siderúrgico e de telecomunicações, embora caminhe para fechar o mês com desvalorização.

Às 11h43, o Ibovespa .BVSP, principal índice da bolsa paulista, tinha leve alta de 0,16 por cento, aos 56.470 pontos, tendo avançado 1,55 por cento na véspera. O volume financeiro era de 912 milhões de reais.

Ainda que caminhe para ter sua 3a sessão consecutiva de alta, nesse ritmo o índice terá seu terceiro mês consecutivo com desvalorizações, uma vez que o Ibovespa cedia 5,25 por cento no mês até o fechamento de quinta-feira.

Com um cenário ainda incerto e sem direção definida tanto no mercado doméstico quanto no exterior, eram as movimentações mais pontuais que ditavam a varição do Ibovespa na sessão.

"Não temos uma direção definida hoje, assim como não tivemos no mês de agosto como um todo, e como não se mostra para setembro", apontou Ricardo Tadeu Martins, gerente de pesquisa da corretora Planner.

"O mercado já se prepara para iniciar o mês de setembro, apesar do feriado nos Estados Unidos na segunda-feira, o mercado fica na espera dos indicadores da semana que vem, como o payroll nos Estados Unidos e o livro bege", apontou.

Um dia de alta nas cotações do petróleo CLc1 beneficiavam os papéis da Petrobras (PETR4.SA: Cotações), com forte peso no índice, que subia 1,30 por cento, para 35,81 reais.

O setor de telecomunicações também reforçava as valorizações. As ações da Oi TNLP4.SA tinham um dos melhores desempenhos do dia, subindo 3,04 por cento para 38,22 reais.

Na noite de quinta-feira a empresa anunciou que irá pagar dividendos extraordinários para as ações do grupo.   Continuação...