Fitch põe notas de OI e BRASIL TELECOM em observação negativa

terça-feira, 29 de abril de 2008 14:39 BRT
 

SÃO PAULO, 29 de abril (Reuters) - A agência de classificação de risco Fitch colocou os ratings do grupo Oi TMAR5.SATNLP4.SA e da Brasil Telecom BRTO4.SABRTP4.SA sob revisão para possível rebaixamento após avaliar as primeiras informações sobre o anúncio de compra da BrT pela Oi, feito na semana passada.

Na sexta-feira, a Oi anunciou a compra do controle indireto da Brasil Telecom por 5,86 bilhões de reais, mas o conjunto de operações vinculadas ao negócio pode implicar em uma transação de 12,3 bilhões de reais quando concluída.

De acordo com a Fitch, a observação para possível redução na classificação de risco "reflete o potencial aumento na alavancagem caso a aquisição da BrT seja bem sucedida".

A Oi (Tele Norte Leste Participações) possui classificação 'BBB-' pela Fitch, o primeiro nível dentro da faixa de grau de investimento. Já a Brasil Telecom (Brasil Telecom Participações) possui rating 'BBB', um nível acima.

"A revisão da classificação será concluída assim que os detalhes finais da transação forem conhecidos e a estrutura de capital no longo prazo seja determinada", informou a agência em comunicado.

Apesar de colocar as notas em observação negativa, a Fitch estima que o grupo combinado terá uma forte geração de fluxo de caixa e que vai incorporar algumas sinergias.

Agência calcula que a receita pro forma e o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida) da nova empresa devem se aproximar de 28 bilhões de reais e 10 bilhões de reais, respectivamente.

(Reportagem de Rodolfo Barbosa; Edição de Alberto Alerigi Jr.)