Quebra do Wachovia seria "risco sistêmico", diz Paulson

segunda-feira, 29 de setembro de 2008 09:59 BRT
 

WASHINGTON, 29 de setembro (Reuters) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Henry Paulson, afirmou nesta segunda-feira que a quebra do Wachovia WB.N representaria um "risco sistêmico", e elogiou a atuação do Federal Deposit Insurance Corp (FDIC) na operação de venda do banco para o Citigroup (C.N: Cotações).

"Eu concordo com o FDIC e com o Federal Reserve que a quebra do Wachovia representaria um risco sistêmico", disse Paulson em comunicado.

O FDIC é um órgão do governo dos Estados Unidos.

(Reportagem de David Lawder e Tim Ahmann)