Acionistas da InBev apóiam compra da Anheuser-Busch

segunda-feira, 29 de setembro de 2008 13:58 BRT
 

LEUVEN, Bélgica, 29 de setembro (Reuters) - Os acionistas da InBev aprovaram por ampla maioria a compra da rival norte-americana Anheuser-Busch (BUD.N: Cotações) na segunda-feira, em um acordo de 52 bilhões de dólares que criará a maior cervejaria do mundo.

Uma parcela de 99,99 por cento dos acionistas apoiaram em reunião extraordinária a proposta da companhia de combinar marcas como Stella Artois e Budweiser.

A operação deve ser concluída até o final do ano.

Os acionistas também aprovaram a mudança do nome da companhia combinada para Anheuser-Busch InBev e a entrada do presidente-executivo da Anheuser, August Busch IV, no conselho de administração.

Uma proposta para aumentar o capital da companhia em até 10 bilhões de dólares também foi aprovada em conjunto com uma série de resoluções recomendadas pelo conselho da companhia.

O presidente-executivo da InBev, Carlos Brito, que comandará a empresa combinada, não quis falar com a imprensa depois da reunião de acionistas.

A InBev foi formada em 2004 pela união da brasileira AmBev AMBV4.SA com a belga Interbrew.

(Por Huw Jones)