CÂMBIO-Dólar recua e começa semana na mínima desde abril de 2000

segunda-feira, 29 de outubro de 2007 09:59 BRST
 

SÃO PAULO, 29 de outubro (Reuters) - A continuidade do fluxo cambial positivo e o tom positivo dos mercados internacionais faziam o dólar operar em baixa nesta segunda-feira, no menor nível desde abril de 2000.

Às 9h59, a moeda norte-americana BRBY caía 0,28 por cento, para 1,764 real. Na sexta-feira, o dólar recuou 1,45 por cento em meio à entrada de recursos para o IPO (oferta pública inicial de ações) da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

A tranquilidade no começo de uma semana cheia, com reunião do Federal Reserve e novos dados sobre a economia dos Estados Unidos, permitia que o mercado de câmbio mantivesse o viés de baixa para a moeda note-americana.

"Está prevalecendo esse bom humor com relação ao Brasil. O megassucesso do IPO da Bovespa realmente reafirma tudo isso", disse Ana Cristina Mori, gerente de operações do Banco Rendimento. "Se lá fora não piorar, aqui ainda continua num cenário otimista", complementou.

A abertura de capital da controladora da Bovespa bateu recorde no país e, com giro equivalente à metade do pregão, assistiu à alta de 52 por cento dos papéis estreantes. Boa parte do volume envolvido, segundo agentes de mercado, veio do exterior e inundou o mercado de câmbio local.

No mercado externo, a queda do dólar ante o euro e outras moedas contribuía para a valorização do real, segundo Miriam Tavares, diretora de câmbio da AGK Corretora.

"O dólar... continua apontando para um desempenho ruim em relação aos seus principais concorrentes diante da perspectiva de quedas mais acentuadas no juro básico dos Estados Unidos", disse. Na quarta-feira, o Fed decide se corta novamente a taxa de juro ou se mantém as chamadas Fed Funds em 4,75 por cento.