Ações européias têm nova alta por petróleo, mineradoras e Fed

segunda-feira, 29 de outubro de 2007 16:09 BRST
 

Por Sitaraman Shankar

LONDRES (Reuters) - As ações européias tiveram a terceira sessão seguida de alta nesta segunda-feira, com o suporte de empresas do setor de commodities que acompanharam o petróleo mais caro e a notícia de uma aquisição na área de mineração. Além disso, investidores apostam num corte da taxa de juros nos Estados Unidos esta semana.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações das empresas européias, subiu 0,72 por cento, para 1.588 pontos.

"É seguro dizer que nos próximos 3 ou 4 meses, os mercados vão se fortalecer até sabermos se haverá uma recessão ou um pouso suave nos Estados Unidos", disse Andrew Bell, estrategista europeu na Rensburg Sheppards Investment Management.

O preço do petróleo atingiu novo recorde a 93,20 dólares, impulsionando as ações das petrolíferas. A BP subiu 0,8 por cento, a Shell subiu 0,5 por cento e a Total teve alta de 1,1 por cento.

Um acordo de 2,8 bilhões de dólares da mineradora Xstrata para comprar a produtora de níquel australiana Jubilee Mines, assim com notas positivas de corretoras, impulsionaram mineradoras. A Kazakhmys subiu 3,5 por cento e a Anglo American ganhou 3,2 por cento.

Espera-se fortemente que o Fed corte a taxa de juro em 0,25 ponto percentual para 4,5 por cento na quarta-feira, enquanto aumentam as expectativas de mais um corte em dezembro para limitar os danos econômicos das crise do mercado imobiliário.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,67 por cento, a 6.706 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,76 por cento, para 8.009 pontos.   Continuação...