Rússia suspende importação de aves de 19 fornecedores dos EUA

sexta-feira, 29 de agosto de 2008 17:01 BRT
 

Por Aleksandras Budrys

MOSCOU, 29 de agosto (Reuters) - A Rússia, maior mercado para os exportadores de aves dos Estados Unidos, baniu a carne produzida em 19 unidades norte-americanas e alertou na sexta-feira que outros 29 fornecedores podem enfrentar uma suspensão, devido a problemas de sanitários.

A suspensão entrará em vigor em 1o de setembro e inclui três plantas pertencentes à gigante de carne norte-americana Tyson Foods Inc (TSN.N: Cotações), disse o órgão de vigilância da Rússia, um dia depois de o primeiro-ministro Vladimir Putin ter falado sobre as medidas.

"Inspeções conjuntas de Rússia e EUA nas plantas de processamento de aves dos EUA no final de julho e início de agosto mostraram que uma série de unidades inspecionadas não observam totalmente os padrões acordados", disse o Rosselkhoznadzor em comunicado.

"A inspeção mostrou que muitas plantas não adotaram medidas para eliminar faltas descobertas em inspeções anteriores".

Os Estados Unidos exportaram no ano passado quase 1 bilhão de dólares em aves e outros produtos de carne para a Rússia.

A suspensão acontece no momento em que Moscou prepara cortes a cotas de importações de carne para ajudar os fornecedores internos.

O Rosselkhoznadzor explicou que seus inspetores não tiveram permissão para visitar algumas fazendas de aves e não receberam os resultados de uma investigação sobre um possível excesso de arsênico em algumas aves fornecidas para a Rússia.

O órgão afirmou que quer receber esses resultados dentro de um mês.   Continuação...